Resultados da sua busca

Ateísmo de lado e comida no prato no BooKafé

05/11/2014

Ateísmo de lado e comida no prato no Bookafé

Quem me conhece sabe que não sou nada religioso e até crítico de algumas religiões, mas pelo prazer da degustação e por boas indicações, deixei de lado meu ateísmo e topei conhecer o Bookafé com minha mãe. A cafeteria faz parte de uma rede, que está presente em várias cidades e países, mas que até o momento era desconhecida pra mim. O nome vem da conexão dos livros com fé, e surgiu da ideia de unir em um só lugar um espaço para leitura, reflexão e boas comidinhas.
O ambiente é bem bacana e fica numa casa de esquina, em um bairro tranquilo de Fortaleza. Apesar de descrente, respeito e acho muito interessante a iniciativa de quem criou o conceito do lugar, porque assim também foge daquela ideia de que os espaços religiosos são “caretas” e onde só os “crentes” frequentam. Estar lá é se despir de todos os preconceitos religiosos e desfrutar um ambiente tranquilo, bem organizado e de bom gosto.

Dentro há uma grande prateleira de livros

Também tem um amplo espaço com poltronas, sofás e até um espaço de leitura para
as crianças.

Descobri que o espaço é muito frequentado por universitários que vão ali pra estudar ou fazer os trabalhos da faculdade.

No grande quadro negro sempre há mensagens bíblicas.

Do lado de fora, umas mesas pra estudar.

O cardápio vem com várias comidinhas, como panquecas, omeletes e tapiocas, além dos pães de queijo e uma variedade de cafés e cappuccinos. Minha mãe pediu um crepe de carne de sol com queijo coalho derretido.

Os pratos sempre vêm com uma mensagem escrita.

Pra acompanhar, ela pediu também um shake de creme com floquinhos de chocolate.

Pra mim, experimentei o omelete de rúcula com tomate seco, com um gosto ótimo e bem natural.

O chocolate quente também estava delicioso e vem com alpino derretido.

A nossa conta ficou em 40 reais. O Bookafé é uma ótima pedida pra quem gosta de literatura e de um lugar tranquilo pra estudar ou marcar uma reunião de trabalho. Religioso ou não, você vai se encantar com o espaço e com as pedidas da casa, provando que a fome também move montanhas.

Clique Aqui e veja a matéria

As propagandas exibidas neste site são baseadas nos interesses do usuário, coletadas pelos mecanismos de busca durante a navegação, por isso o conteúdo delas pode variar.