CARTA DA FAMÍLIA JONAS PIZARRO

Sumaré, 09 de fevereiro de 2017

Caríssimos irmãos, companheiros na tribulação, no reino e na perseverança:

Esta, como todos já sabem, conforme já foi amplamente divulgado para as igrejas pedindo oração, foi uma semana de provação intensa para a família Jonas Pizarro. Foram 19 horas de dores indescritíveis na coluna e o atendimento hospitalar praticamente não surtiu efeito. A alta do hospital, na verdade, foi um reconhecimento que já se não podia fazer mais nada por ele. A esposa e os três filhos estão muito consternados por verem o marido e o pai numa condição que nem de longe poderíamos imaginar. Ele gritou e se contorceu de dor por 19 horas. Não sabemos se ele resistiria a outro ataque desses. Quando o levamos para casa, ainda estava com muitas dores e foi muito triste olhar para ele sem poder fazer absolutamente nada. Também vemos o Jonas obrigado a tomar doses de morfina para conseguir suportar a dor. Oramos muito e decidimos então buscar uma alternativa.

Assim, passado esse primeiro impacto, ontem, fomos consultar o Dr. Hélvio Leite Alves, que cuida do Jonas desde 1994 e conhece o problema dele milímetro por milímetro. Queremos esclarecer que o caso do irmão Jonas é conhecido e é crônico. Ele tem grave problema na coluna já faz 23 anos e já fiz várias cirurgias por causa das fortes dores que sente. Toma morfina regularmente sob prescrição médica para controlar a dor, só que dessa vez foi mais grave, e a morfina já não faz o efeito como antes. O problema dele é a coluna e não tem mais cirurgia que possa aliviar as dores. Já faz algum tempo que o Jonas está buscando soluções alternativas.

O Dr. Hélvio nos propôs uma técnica para o tratamento que, segundo ele, é a única coisa, do seu conhecimento, que se pode fazer pelo Jonas. A técnica é chamada terapia de Estimulação Medular, que é eficaz no tratamento de dor crônica refratária que não responde aos tratamentos convencionais. O tratamento consiste em implantar um eletrodo gerador de sinais na coluna vertebral, que produzem eletro-choques resultando em “dormência” local, que bloqueia a passagem dos estímulos da dor para o cérebro. No caso do Jonas, será necessário um kit com dois conjuntos de eletrodos, um para a região lombar e, outro, para a cervical (registros mostram apenas duas outras pessoas no mundo que necessitaram eletrodos em duas regiões). O equipamento é da Boston Scientific. Já foi solicitado um orçamento atualizado do custo desse equipamento.

Para realizar-se essa cirurgia, é necessário arcar com os seguintes custos, com total estimado em R$ 183.000,00:

1) Kit Implante de Estimultação Medular – valor em torno de R$ 145.000,00 (valor que pode ser parcelado em 4x, com possibilidades de negociação para melhores condições de pagamento)

2) Equipe médica – R$ 30.000,00 (valor pago à vista)

3) Hospital – R$ 4.000,00 a R$ 8.000,00 (valor que deve ser pago à vista no hospital)

A família hoje não tem esse dinheiro de forma líquida mas mesmo assim iremos iniciar o processo para a cirurgia. Estamos decididos a vender algumas de nossas propriedades para pagar esse tratamento. A ajuda que pedimos é que os irmãos nos ajudem a encontrar compradores para esses imóveis. Os imóveis na Estância somente poderão ser vendidos a irmãos da vida da igreja.

Nossas propriedades que estamos colocando à venda são:

1) Apartamento mobiliado em São Paulo, bairro Butantã, a 2 km do Local 7, bem em frente à USP, área de 116 m2. Valor avaliado em R$ 950.000,00 (saldo financiado de R$ 245.000,00).

2) Casa na EAV (a casa onde a família mora hoje), área construída de 400 m2 e terreno de 500 m2, com piscina, andares térreo, superior e sótão. Valor: R$ 600.000,00.

3) Casa na EAV, área construída de 200 m2 e terreno de 960 m2, com piscina. Valor: R$ 400.000,00

4) Terreno de 500 m2 na EAV. Valor: R$ 80.000,00

Devido à urgência da necessidade de cuidarmos do Jonas, estamos dispostos a fazer qualquer negociação.

Por favor, divulguem aos irmãos da sua convivência e para os contatos de suas listas.

Agradecemos a oração e a cooperação dos irmãos.

Os interessados devem entrar em contato pelos telefones e e-mails abaixo:

André Oliveira:

Celular e WhatsApp: 011 98244 7674

E-mail: stadtlober@gmail.com

Felipe Pizarro:

Celular e WhatsApp: 019 98120 6036

E-mail: felipe@pizarros.com.br

Salomão Pizarro:

Celular e WhatsApp: 019 98115 8826

E-mail: salomao@pizarros.com.br

==============================