Resultados da sua busca

Ceape nas férias – Giovanna Dong

10/03/2016

Tinha acabado de retornar do CEAPE Flórida quando soube que seria possível participar da segunda semana do CEAPE nas férias. Pelas experiências que tive em meu primeiro, e até então único, CEAPE nas férias, não hesitei em aproveitar esta oportunidade, imperdível para mim.

No dia seguinte estava na Estância Árvore da Vida, animada para saber para qual campo o Senhor me levaria. O campo que Ele havia preparado, para me surpreender de experiências e ganhar mais crescimento de vida, foi Uberaba. Lá pude experimentar o aumento de três itens básicos da vida cristã: fé, amor e esperança.

Em relação à fé, tive experiências maravilhosas. Não importando o horário em que dormíamos, podíamos escolher acordar mais cedo para orar. Essa prática salvou meus dias! Quando ganhamos uma visão de algo maior, renunciamos nossas coisas, pois somos governados por uma meta. Experimentei a renúncia do sono para ouvir o falar de meu Senhor logo cedo. O anseio de buscá-Lo de manhã foi aumentando a cada dia, porque percebi que quando o Senhor está em primeiro lugar em meu coração, se torna muito mais fácil renunciar as necessidades humanas. Como o Senhor supre tudo, quando sacrificamos nossos desejos e planos por Ele, Ele honra o nosso coração e nos dá infinitamente mais do que tudo quanto pedimos e pensamos. Quando colocamos o Senhor em primeiro lugar do nosso dia, isso faz uma imensa diferença, porque tudo o que vem em seguida estará vindo depois do Senhor. Tomei essa atitude de que, em meu dia, o Senhor tem a primazia, assim como em meu coração.

Quanto ao amor, é muito doce senti-lo sendo irradiado de pessoas desconhecidas para outras pessoas desconhecidas, vindas de várias cidades, cujo objetivo comum é de buscar a Deus. A isso eu chamo de milagre! Em menos de 7 dias, pessoas assim formam uma família. Uma família que se ama e que se quer bem, e que parece se conhecer desde sempre. Tudo isso apenas porque tem o Senhor como seu centro de existência. Que Amor de Deus! Amor que é paciente, benigno, tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba.

Por fim, a esperança. A esperança de reinar com Cristo. Esse reinar não é apenas para nós, que já ganhamos a salvação, mas também para as ovelhas perdidas, para que façam parte da edificação do Corpo de Cristo.

Cada “não” era uma oportunidade para nos sentirmos dignos de sofrer pelo Nome do Senhor e para não nos rendermos frente aos inúmeros problemas. Assim, éramos encorajados a perseverar e avançar, para que o Senhor tivesse uma porta aberta por meio de nós. Deus precisa de homens-canais! Não mudaremos vidas por meio de sermões, mas sim por meio de um viver, um testemunho vivo de uma Pessoa viva!

Considero meu Senhor como o Senhor dos Senhores e eu, a pecadora que graça ganhou, não o contrário. Essa afirmação me constrange a viver e consagrar minha vida a Ele, uma vez que Ele morreu pela minha vida inteira, não por um período de férias consagradas. Ele morreu pela minha eternidade. É a minha vida eterna hoje que pertence a Ele. Nesse CEAPE fui transformada, mas não por emoções do momento, fui transformada por tomar uma atitude: privilegiada, sou dEle e Ele é meu!

Esse #eusouceape16 me surpreendeu de todas as formas possíveis. Mal posso esperar pelo #naçãoele17a. Deus é Deus, e Ele sabe ser Deus, e faz isso muito bem! Que Ele venha fazer infinitamente mais de novo!

As propagandas exibidas neste site são baseadas nos interesses do usuário, coletadas pelos mecanismos de busca durante a navegação, por isso o conteúdo delas pode variar.