Resultados da sua busca

COVID-19 – BOLETIM Nº 10 – ORIENTAÇÕES

13/05/2020

 Boletim Nº 10

Orientações – Covid-19

 

Amados irmãos e irmãs

Queremos mais uma vez alertar os irmãos quanto à situação da pandemia que acomete todo o Brasil. Não é hora de relaxar em hipótese alguma. A pandemia continua a se espalhar por todas as regiões do país.

Os dois principais fatores para isso são:

  1. A elevada contagiosidade do vírus esse é um dos vírus com a maior taxa de contágio vista na história recente da humanidade.
  2. A falta de afastamento social que é a única maneira eficaz de se evitar o contágio.

 

Gostaríamos de lembrar que o isolamento social consiste em ficar em casa, saindo apenas para alguma situação de extrema necessidade, como :

  1. comprar alimentos;
  2. comprar remédio;
  3. trabalhar para aqueles que fazem parte das atividades essenciais;
  4. ou outra necessidade muito importante, como tratamento de alguma outra doença.

Além disso, ressaltamos;

  1. os cuidados pessoais de higienização das mãos com água e sabão, ou álcool-gel 70%, na impossibilidade de lavar as mãos;
  2. o uso de máscara todas as vezes que sair de casa mesmo que seja para colocar o lixo na rua;
  3. evitar aglomerações;
  4. contatar as pessoas com a distância de 1 a 2 metros;
  5. sempre que possível ao chegar em casa tirem os sapatos e troquem de roupa.

Todas essas orientações farão parte dos nossos novos hábitos.

Cuidado! Evitem conversar com alguém que não esteja usando máscara. Nós não vemos este inimigo invisível e não sabemos quem pode estar contaminado e transmitindo o vírus. É nossa obrigação também orientar as pessoas quanto a todas estas recomendações.

Amados irmãos e irmãs, nosso coração ao enviar, mais uma vez essas orientações básicas, está apoiado nos seguintes elementos:

  1. cada um de vocês é extremamente importante para o Senhor e para a execução da vontade do Pai!  Há  a preocupação  com todos os homens, mas existe um peso ainda maior pela Família de Deus! Deus investiu em cada um de vocês para esse momento. Deus conta com cada santo alistado no Exército dEle. Amados, além da dor que os familiares sentem ao perder um ente querido, a Igreja também sente e, nesse momento, precisamos de todos firmes e saudáveis para lutar com o nosso Senhor para trazer Seu Reino!
  2. a maioria dos casos são assintomáticos, contudo estamos conversando e vendo todo gradiente de sintomas dessa doença maligna. Os casos mais graves (que precisam de UTI) são de grande complexidade para o tratamento e além disso existem aqueles casos que não precisam de um atendimento tão intensivo. Amados, é angustiante ouvir o relato dessas pessoas, vejam a frase a seguir que um paciente falou: “mesmo recebendo oxigênio suplementar, a sensação de falta de ar não melhorava. Não conseguia falar pois sentia falta de ar, no início não conseguia respirar sem tossir. Tinha medo e tristeza.” Acompanhar casos como esses tem causado uma grande preocupação e um imenso desejo  que isso não ocorra com algum irmão ou irmã.
  3. muitos estudos estão sendo publicados, cada pesquisador ao publicar pode trazer, ainda que de maneira imperceptível, sua visão pessoal aos estudos. Estamos cientes disso. Mas amados irmãos e irmãs, no cuidado com a Igreja de Deus, não podemos negligenciar a possibilidade de vivermos um cenário ainda mais grave. Nosso país é muito vasto, muito heterogêneo. Por favor, reparem que temos orientado medidas básicas, simples de serem executadas, mas que podem prevenir. Se irá acontecer o cenário mais grave, não sabemos, oramos ao nosso Amado Senhor Jesus Cristo, nosso Sacerdote e Rei, que nos proteja disso e precisamos vigiar!
  4. ainda não há vacina, ainda não sabemos se a imunidade que alguém adquire contra o vírus o protege de maneira definitiva. Há muitas coisas que precisam ser descobertas.

Amados, de maneira nenhuma desejamos criar um ambiente de pânico. Contudo, sentimos que muitos santos ainda não compreenderam a seriedade do que estamos vivendo e não estão vigiando.

Portanto amados irmãos,  NÃO VAMOS RELAXAR! Orientem todos que você conhece a seguirem as recomendações e decretos instituídos pelas autoridades. 

O mais importante no serviço a Deus é a oração. A igreja deve orar para o Senhor cuidar dos seus, parar esta pandemia, alcançar as pessoas, edificar a sua igreja e gerar o Filho Varão. 

FIQUEM EM CASA. VAMOS LUTAR EM ORAÇÃO NAS REGIÕES CELESTIAIS E ESPERAR EM DEUS.

QUE DEUS EM CRISTO ABENÇOE A TODAS IGREJAS E CADA FAMÍLIA!

Comitê Orientação em Saúde.

 

 

LINK PARA DOWNLOAD DO PDF
– BOLETIM Nº 10

 

As propagandas exibidas neste site são baseadas nos interesses do usuário, coletadas pelos mecanismos de busca durante a navegação, por isso o conteúdo delas pode variar.