Resultados da sua busca

ELE É O PÃO DA VIDA!

02/11/2018

Em Mateus 15, conta-se a história de uma mulher cananeia que veio pedir ao Senhor que curasse a sua filha doente. Porém, em Sua resposta, o Senhor não deu qualquer sugestão de que iria fazer algo. No entanto, ao final daquela história, lemos o seguinte texto: “Então, ele, respondendo, disse: Não é bom tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos. Ela, contudo, replicou: Sim, Senhor, porém os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos. Então, lhe disse Jesus: Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se contigo como queres. E, desde aquele momento, sua filha ficou ” (vs. 26-28).

Depois de vermos essas referências, convidamos você a refletir um pouco sobre a história mencionada há pouco e aplicá-la em sua experiência. Caro leitor, se seu cônjuge está doente, não peça ao Senhor que primeiro cure a sua doença. A razão de ele estar doente é para que ele e você possam se achegar ao Senhor e se alimentar Dele. Precisamos aprender bem este segredo: devemos comer mais o Senhor. O resultado será que a graça para enfrentar nossos problemas será aumentada e talvez os problemas desapareçam, se assim desejar o Senhor.

Esse é o ponto de vista central do Novo Testamento. O Senhor não veio trabalhar para nós, mas trabalhar em nós por meio de nos alimentar Dele. Quando a mulher cananeia em Mateus 15 pediu para que o Senhor Jesus curasse a sua filha doente, é como se o Senhor respondesse: “Que bom ver que você sabe que Eu sou o pão e que você precisa se alimentar de mim, mesmo que sejam somente das migalhas que caem da mesa”.

Muitos problemas que temos são resultantes de não comermos Jesus. Quando as esposas comerem Jesus, os maridos mudarão para melhor; quando os maridos comerem Jesus, as esposas mudarão para melhor. Quando os filhos comerem Jesus, os pais já não serão um problema. Quando os pais comerem o Senhor Jesus, os filhos terão uma mudança.
Amado leitor, você precisa tomar o Senhor Jesus para dentro de você e deixá-
lo se tornar sua vida, sua constituição e seu tudo; então as circunstâncias ao seu redor mudarão. Nós não deveríamos nos preocupar se as circunstâncias estão boas ou ruins; nós somente deveríamos atentar em desfrutar mais o Senhor. Ele é o pão da vida que desceu do céu para O comermos!.
Que tal pedirmos ao Senhor que nos supra e nos alimente com a Sua Palavra? Essa é a nossa principal necessidade.

De maneira prática, podemos nos alimentar do Senhor por meio de Sua palavra. Quando a tomamos com oração, somos supridos e fortalecidos, pois ela se torna alimento para nós. “Quem de mim se alimenta por mim viverá […] quem comer este pão, viverá eternamente”; ”As palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida” (João 6:57-58, 63).

Assine já o Jornal Árvore da Vida. Para assinar Clique Aqui

As propagandas exibidas neste site são baseadas nos interesses do usuário, coletadas pelos mecanismos de busca durante a navegação, por isso o conteúdo delas pode variar.