Resultados da sua busca

INSTRUIR O FILHO COM PROVÉRBIOS

16/11/2018

O temor do Senhor é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria

1. Filho meu: Ouve o ensino do teu pai e não deixes a instrução de tua mãe (1:8).

2. Se os pecadores querem seduzir-te, não o consintas (1:10).

3. Não te esqueças dos meus ensinos e o teu coração guarde os meus mandamentos; porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz (3:1-2).

4. Confia no Senhor de todo o teu coração (3:5).

5. Reconheça o Senhor em todos os teus caminhos (3:6).

6. Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda (3:9).

7. Não rejeites a disciplina do Senhor, nem te enfades da sua repreensão. Porque o Senhor repreende a quem ama, assim como o pai, ao filho (3:11-12).

8. Não te furtes a fazer o bem a quem de direito, estando na tua mão o poder de fazê-lo (3:27).

9. Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração (4:23).

10. Afasta o teu caminho da mulher adúltera (5:8).


11. Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade (5:18).


12. Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, considera os seus caminhos e sê sábio (6:6).

13. Os lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor (12:22).

14. A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra (12:25).


15. A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba (14:1).


16. A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira (15:1).


17. O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor (16:1).


18. O crisol prova a prata, e o forno, o ouro; mas aos corações prova o Senhor (17:3).


19. Responder antes de ouvir é estultícia e vergonha (18:13).


20. A quem amaldiçoa a seu pai ou a sua mãe, apagar-se-lhe-á a lâmpada (20:20).


21. Mais vale o bom nome do que as muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a prata e o ouro (22:1).


22. Filho meu: Não removas os marcos antigos que puseram teus pais (22:28).


23. Para quem são os ais, os pesares, as rixas, as queixas, as feridas sem causa e os olhos vermelhos? Para os que se demoram em beber vinho, para os que andam buscando bebida misturada (23:29-30).


24. Não digas: Como ele me fez a mim, assim lhe farei a ele; pagarei a cada um segundo a sua obra (24:29).

25. Não sejas frequente na casa do teu próximo para que não se enfade de ti e te aborreça (25:17).

 

Assine já o Jornal Árvore da Vida. Para assinar Clique Aqui

As propagandas exibidas neste site são baseadas nos interesses do usuário, coletadas pelos mecanismos de busca durante a navegação, por isso o conteúdo delas pode variar.