Resultados da sua busca

O EVANGELHO DO REINO É PARA O CRESCIMENTO DE VIDA

28/12/2018

Esta coluna do JAV se dedicará a apresentar, à luz da Bíblia, aspectos desse evangelho que precisamos conhecer e praticar. Mateus 24 narra que, depois de falar acerca dos eventos que precederão Sua vinda, o Senhor Jesus apresentou um acontecimento que está diretamente relacionado com o fim dos tempos: “E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações, então virá o fim” (Mateus 24:14). Essa afirmação do Filho de Deus indica claramente que o evangelho do reino deve ser pregado em toda a terra antes de sua segunda vinda. Mas, que evangelho é esse? E como pregá-lo?

Os quatro evangelhos, em especial o de Mateus, falam a respeito do evangelho do reino. A palavra evangelho significa boas novas; e a grande boa nova do novo testamento é uma pessoa: Jesus. Assim, os evangelistas foram usados por Deus para apresentar-nos a pessoa do evangelho, o Senhor Jesus. Os quatro evangelhos sintetizam de maneira abrangente e econômica a própria pessoa de Cristo e a maneira como Ele viveu.

O livro de Romanos é considerado por muitos cristãos como o quinto evangelho, e nele podemos ver claramente dois aspectos do evangelho: o da graça e o do reino. Quando cremos no evangelho, nos tornamos filhos de Deus e, nesse momento, demos o primeiro passo para receber a herança de Deus ( João 1:12; Gálatas 4:1-2; 1 Pedro 1:3-4).
No entanto, para tomar posse dessa herança, precisamos permitir que a vida divina cresça em nós. Isso diz respeito ao evangelho do reino (Mateus 4:23).

Infelizmente, boa parte dos cristãos não tem clareza sobre essa questão e se limita ao evangelho da graça, ou seja, a desfrutar somente do perdão dos pecados trazido pela salvação de Deus. Precisamos abrir nossos olhos espirituais e perceber a relevância de desenvolver nossa salvação com o objetivo de atingir a maturidade espiritual (Filipenses 2:12). Para alcançar essa meta, precisamos lançar mão de todas as ferramentas espirituais que a Bíblia nos apresenta com vistas ao crescimento espiritual, tais como: invocar o nome do Senhor, tomar a Palavra com oração, meditar na Palavra, reunir-nos com outros filhos de Deus e profetizar. Pregar o evangelho não se restringe somente ao nosso falar, mas é também uma questão de dar testemunho para as nações (Mateus 24:14; Atos 1:8). Dar testemunho significa que exalamos a fragrância de Cristo em nosso viver diário, assim as pessoas podem ver em nossos atos um testemunho do que pregamos. Que tal irmos até as pessoas ainda hoje e falarmos acerca da importância de elas crescerem em vida? Vamos praticar?

Assine já o Jornal Árvore da Vida. Para assinar Clique Aqui

As propagandas exibidas neste site são baseadas nos interesses do usuário, coletadas pelos mecanismos de busca durante a navegação, por isso o conteúdo delas pode variar.