Resultados da sua busca

O VITORIOSO DESCENDENTE DA MULHER

24/01/2020

Como seres humanos, temos espírito, alma e corpo. Nesse corpo mortal, padecemos diversos sofrimentos durante nossa vida terrena: enfermidades, fraqueza, cansaço, fome, sede, estresse diário…
No princípio, o Senhor estava na glória, distante de tudo isso. Mas, conforme o plano de Deus, um dia Ele se encarnou, ou seja, revestiu-se de carne e sangue. Seu corpo era semelhante ao nosso, mas sem pecado. Ele foi concebido de maneira extraordinária, pela ação do Espírito Santo no ventre de Maria, ainda virgem. Uma vez instalado naquele útero, aquele ser foi passando por todos os estágios, durante os nove meses, como qualquer outro: o embrião se tornou feto, se desenvolveu, até nascer como um bebê normal!

Esse recém-nascido que chegava ao mundo era o próprio Deus! O Seu berço foi uma manjedoura. Nos dias de hoje, qualquer mãe ficaria apavorada com o risco de contaminação existente naquele lugar e suas condições precárias de nascimento.
Aquela criança foi amamentada por Maria e, como qualquer outra, provavelmente sofreu de cólicas. É possível que também tenha padecido dores no aparecimento da dentição, dores de ouvido e garganta. Ele passou pela primeira infância e aprendeu a andar e a falar como qualquer um de nós. Pouco a pouco, Ele cresceu em estatura e graça, diante de Deus e dos homens.

É maravilhoso que a Bíblia se refira ao Senhor Jesus como o descendente da mulher (Gênesis 3:15). Significa que, para derrotar Seu inimigo na cruz, Deus teve de nascer de uma mulher, alguém tão frágil! Isso é o que registra a Palavra: “Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo […] Por isso mesmo, convinha que, em todas as coisas, se tornasse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote nas coisas referentes a Deus e para fazer propiciação pelos pecados do povo. Pois, naquilo que ele mesmo sofreu, tendo sido tentado, é poderoso para socorrer os que são tentados” (Hebreus 2:14a, 17-18).

O próprio Deus se fez humano, participando de carne e sangue, por amor a nós. Sendo rico, se fez pobre. Por isso, Ele pode nos consolar em todas as coisas. Ele sabe exatamente o que estamos passando. Podemos colocar tudo, absolutamente tudo, em oração diante Dele. Somos bem-aventurados por termos tal Senhor, tão próximo de nós, tão humano e tão amável! Ele está pronto a nos socorrer todas as vezes que invocamos o Seu nome! Que Deus maravilhoso!

Assine já o Jornal Árvore da Vida. Para assinar Clique Aqui

As propagandas exibidas neste site são baseadas nos interesses do usuário, coletadas pelos mecanismos de busca durante a navegação, por isso o conteúdo delas pode variar.