Resultados da sua busca

OS DOIS TRIBUNAIS

01/03/2019

Ser citado para comparecer a um julgamento nunca é uma boa notícia, especialmente quando se está na posição de réu. A Bíblia nos mostra que, um dia, toda a humanidade terá de comparecer para ser julgada perante o Senhor, o reto Juiz. Mas pelo que seremos julgados?

O julgamento dos homens por Deus será dividido em dois momentos. Primeiramente, os filhos de Deus serão julgados no tribunal de Cristo (2 Coríntios 5:10; 1 Pedro 4:17), que será estabelecido no final desta era. Mil anos depois, ao término do reino milenar, todos os homens serão submetidos a um grande tribunal perante o trono branco do Senhor onde serão julgados os mortos (Apocalipse 20:11). Nessa oportunidade, os que estiverem inscritos no livro da vida poderão entrar na nova Jerusalém, a cidade celestial (21:27), enquanto os incrédulos serão lançados por toda a eternidade no lago de fogo (20:15).

Nós, que já recebemos a vida eterna de Deus e que, portanto, já tivemos o nome inscrito no livro da vida, não precisamos nos preocupar com o julgamento do grande trono Branco, já que a nossa entrada na nova Jerusalém foi garantida pelo Senhor e jamais seremos condenados ao lago de fogo ( João 3:16). No entanto, precisamos nos preocupar com o tribunal de Cristo, pois nem todos os cristãos serão aprovados e apenas os aprovados poderão governar as nações ao lado do Senhor durante o milênio (Apocalipse 2:26-27; 20:4,6).

Muitos podem pensar que no tribunal de Cristo o Senhor apontará e condenará cada um dos pecados que cometemos durante toda nossa vida. Mas esse entendimento não está de acordo com a Palavra de Deus. Na verdade, se hoje nos arrependermos genuinamente de nossos pecados, confessando-os individualmente perante o Senhor e clamando pelo lavar do Seu precioso sangue, poderemos desfrutar da alegria e liberdade de sermos perdoados por Deus
(1 João 1:7,9). Ele não apenas nos perdoa, mas também esquece para sempre todas as iniquidades que confessar (Miquéias 7:18-19).

Mas por qual motivo poderemos ser reprovados? O Senhor irá verificar o nível da vida divina em cada um de Seus filhos. Aqueles que tiverem negado a vida da alma, ou seja, abandonado as suas opiniões arraigadas, o ego, orgulho e velhas tradições por amor a Cristo, terão um nível de vida elevado e serão aprovados para herdar o governo no reino milenar (Mateus 16:24-28). Já os filhos de Deus que não tiverem aproveitado as oportunidades que Deus lhes dá a cada dia de negarem a si mesmos (Lucas 9:23), serão conduzidos envergonhados às trevas exteriores, onde terão a oportunidade de amadurecer por mil anos, todavia por meio de sofrimentos
(Mateus 22:13; 25:30 ).

Se queremos receber louvor, mediante a aprovação de Cristo, glória, sendo introduzidos na esfera celestial, e honra, recebendo o governo do reino milenar, devemos buscar hoje o amadurecimento na vida divina, que vem quando negamos a vida da alma e invocamos o nome do Senhor. Esse é o caminho para sermos aprovados e, como vencedores, termos amplamente suprida a nossa entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo (2 Pedro 1:11).

Assine já o Jornal Árvore da Vida. Para assinar Clique Aqui

As propagandas exibidas neste site são baseadas nos interesses do usuário, coletadas pelos mecanismos de busca durante a navegação, por isso o conteúdo delas pode variar.