Feche os olhos e pense, por um instante, quão importantes eles são para sua vida. Nossos olhos substancializam as coisas materiais. Sem eles, não poderíamos enxergar a beleza da natureza, dos animais e das pessoas, criados por Deus, nem dos objetos, criados pelo homem.
Os olhos nos permitem ver as formas e as cores de todas as coisas a nosso redor, bem como podemos nos deslocar pelos lugares sem o risco dos encontrões. Sem os olhos, você não poderia estar lendo este artigo neste exato momento. É claro que tudo isso somente é possível se também houver luz. Uma pessoa, num quarto totalmente escuro, ainda que tenha visão perfeita, não enxergará nada. Precisamos, portanto, de olhos e de luz para enxergarmos alguma coisa.
Tendo isso em mente, é importante perceber que, com relação às coisas espirituais, também precisamos ter olhos espirituais para enxergá-las. São os olhos do coração, os olhos da fé. “Que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele, iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos e qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder” (Efésios 1:17-19).
Deus é espírito (João 4:24) e luz (1 João 1:5), e os olhos do coração permitem-nos enxergar e sentir Deus em nosso interior. Moisés, um dos grandes homens de Deus do Antigo Testamento, teve essa experiência maravilhosa: “Pela fé, ele abandonou o Egito, não ficando amedrontado com a cólera do rei; antes, permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível” (Hebreus 11:27). Hoje estamos na era do Novo Testamento e também podemos ter essa experiência, nas próprias palavras do Senhor Jesus: “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus” (Mateus 5:8).
Muitos dizem que é necessário “ver para crer”, ou seja, ver com os olhos físicos para então crer. Todavia o Senhor nos diz que é necessário “crer para ver”, isto é, crer com o coração para então enxergar com os olhos da fé. Como Jesus respondeu a Tomé:
“Porque me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram” (João 20:29).
Se você nunca enxergou a Deus com os olhos da fé, convidamos você, prezado leitor, a fazer uma simples oração: “Senhor Jesus, limpa meu coração, para que eu possa Te ver. Revela-Te a mim! Quero Te enxergar com os olhos de meu coração. Vem como luz e ilumina minha vida. Ó Senhor Jesus, amém!”.

Assine já o Jornal Árvore da Vida. Para assinar Clique Aqui